Titolo Elena Fucci 2014  Basilicata
  • Titolo Elena Fucci 2014  Basilicata

Titolo Elena Fucci 2014 | Basilicata


Código 3322

R$ 399,00

2x de R$ 199,50

veja opções de parcelamento

Compartilhe

  • Descrição
  • Região
  • Produtor

750ml
Região: Basilicata - DOC Aglianico del Vulture
Uva: 100% Aglianico del Vulture

Vinhedo com 650 metros de altitude e parte com 60-70 anos d idade. Solo vulcânico. Fermentação malolática em barricas de carvalho francês por 12 meses. Foram produzidas apenas 20.000 garrafas tradicionais.

Cor rubi intensa com reflexos granada, aromas complexos e profundos, mineral, geléia de frutas, tabaco e canela.

Seco, denso e quente com ótima textura de taninos e final de surpreendente persistência.

Vinho de extraordinário encanto e reputação indiscutível. Um tinto monumental para a elegância e o poder que vem de uma rigorosa seleção das melhores uvas na vinha do barril e uma vinificação cuidadosa, na adega. Um Aglianico cuja maturação em barricas de primeira e segunda passagem por um período superior a 12 meses e que, com o passar do tempo, engarrafado, manifesta-se com o aumento da elegância. Um dos grandes vinhos italianos.

Harmonização: carnes vermelhas com molhos e sabores intensos, queijo de ovelha temperado.

Robert Parker: 91 pontos
“O vinho brilha, com aromas primários de frutas escuras, ervas, especiarias, carvalho, tons escuros vulcânicos de granito e esfumaçado. Dado o histórico comprovado deste vinho, eu esperaria esta safra envelhecer durante 15 a 20 anos. Há um ponto notável de acidez que ajuda o vinho para conseguir um impressionante senso de equilíbrio. Elena Fucci tem mais uma edição bem sucedida de Titolo para desfrutarmos durante os próximos anos.” Robert Parker
Gambero Rosso: 3 bichieri

Teor alcóolico: 14°

Não filtrado



A região da Basilicata fica no sul do país e produz a uva Aglianico em 56% do seu território. É uma região ainda pouco explorada que produz apenas uma minúscula porcentagem dos vinhos italianos que quando vindos de grandes produtores, são complexos, elegantes e inesquecíveis. Há 1 DOCG, 4 DOCs e 1 IGT na região. À DOC (denominazione di origine controllata) Aglianico del Vulture é permitida a produção de vinhos tintos e espumantes em diversas comunas na província de Potenza.

As leis que controlam a produção de vinho seguem a Disciplinare que exige que a DOC produza os vinhos:

- com 100% da uva Aglianico del Vulture.
- com uvas de vinhedos entre 200 e 700 metros de altitude.
- com o máximo de rendimento de 10 toneladas de uva por hectare.
- com o mínimo de 12° de teor alcoólico para o tipo rosso e 11° para o tipo spumante.

Basilicata

Elena Fucci

Região: Itália - Basilicata 

As vinhas foram adquiridas na década de 60 pelo avô de Elena, que decidiu comprar a maior parte da vinha em Contrada Solagna de Titolo no sopé do Monte Vulture (um vulcão extinto), no Sul da Itália. 

A vinícola ganhou vida com a safra 2000 simultaneamente com os estudos de Elena.  Inicialmente, foram atendidos por um consultor externo, até que em 2004 assumiram todas as facetas da adega. 

A escolha desde o início, sem qualquer arrependimento, foi a arriscar tudo por um único rótulo, o "TITOLO", prevendo-o como um vinho de alta qualidade, primeira classe ou "cru".   

Um vinho exclusivo relacionado com o rendimento dos vinhedos e a qualidade das vinhas. Representa as características da uva Aglianico e o território de Vulture, onde a mistura específica de microclima e terroir transmite ao vinho uma das melhores e únicas expressões desta área fabulosa que é Contrada Solagna del Titolo. 

Suas clássicas vinhas do sul da Itália estão localizadas em uma área montanhosa, no interior, a uma altitude de 600 metros de terreno vulcânico. Um solo mineral forte, escuro na cor, que conta em suas camadas a história e a vida do vulcão Vulture.  

As vinhas estão a apenas algumas centenas metros de distância, o vulcão extinto, que deu origem ao penhasco sobre a lava no qual a vinha, a casa e a cidade de Barile estão localizadas.  

A interpretação do território é definida por membros da indústria, como "moderno, mas não modernista". Moderno para ser capaz de entender as reais necessidades da variedade Aglianico em termos de maturação e envelhecimento, mas sempre sem alterar as características da fruta que a vinha produz neste canto maravilhoso da Itália.  

Apesar de moderno, eles mantém as tradições e passam de geração a geração o conhecimento que adquiriram. 

O trabalho que fazem na vinha, não é só a viticultura, mas uma verdadeira arte da jardinagem no cuidado das vinhas.  Um completo respeito pela natureza e seus ciclos sem o uso de produtos químicos. As videiras são amarradas com fibras de vassoura que são secas durante o verão.  

 

// Comentários

Comentários