Château Langoa Barton Grand Cru Classé 2005  Saint-Julien  Bordeaux
  • Château Langoa Barton Grand Cru Classé 2005  Saint-Julien  Bordeaux

Château Langoa Barton Grand Cru Classé 2005 | Saint-Julien | Bordeaux


Código 895

R$ 1.090,00

3x de R$ 363,33

veja opções de parcelamento

Compartilhe

  • Descrição
  • Região

750ml
Região
: Bordeaux/Saint-Julien - AOC Haut-Médoc Saint-Julien (margem esquerda)
Uvas: Cabernet Sauvignon e Merlot.

Wine Spectator 92pts: "Maravilhosos aromas de alcaçuz, amora esmagadas e minerais. Encorpado, com taninos muito bem integrados e sabor de baunilha, frutas vermelhas e anis. Tem um retrogosto longo, longo. Melhor a partir de 2015." 

Robert Parker: 90 pontos

Neal Martin - Wine Jornal 95 pontos: "Provado na vertical de Langoa Barton, em Londres. A deslumbrante safra 2005. Cor granada. Há uma qualidade sumptuosa no nariz com notas de framboesa, ameixa preta, amora, apenas um toque de geléia de laranja, todas com excelente definição e frescor. No palato é encorpado, com uma entrada aveludada. Um Langoa descaradamente sedutor com taninos muito finos e uma leveza de toque tangível casado com imensa pureza. O meio e o final têm uma simetria infalível, o acabamento é tão perfeito como Saint Julien pode alcançar. Intensidade moderada: amora, tabaco e um toque de pimenta no final... delicioso! Beber 2012-2030”.

Harmonização: Filet trufado, costela de cordeiro, risoto de funghi.

Pontuação da safra 2005 (por Wine Spectator): 98 pontos

Teor alcoólico: 13°



A região de Bordeaux é a maior da França tanto em produção como em fama. Alguns dos vinhos mais caros e famosos do mundo vêm dessa região, que fica na Aquitania, no departamento de Gironde. Bordeaux situa-se na margem direita, esquerda e meio de dois rios, o Garonne e o Dordogne. É comum classificar os vinhos entre margem direita ou esquerda e há diferenças de estilos entre as duas margens, com predominância de Cabernet Sauvignon na margem esquerda e Merlot na direita. A porção entre os dois rios, que forma o estuário do Gironde é chamada de Entre-deux-mers e abrange a maior parte do território de Bordeaux. A legislação local é extremamente confusa e há diversas classificações, sendo a mais famosa a de 1855, feita a mando de Napoleão e que classifica os considerados melhores vinhos da época. Ao contrário da maior parte da legislação vinícola, aqui as classificações são feitas não por porções de terrenos, mas por vinícola, ou châteaux. Isso naturalmente geraria controvérsias entre os produtores, por isso foram acrescentadas outras classificações ao longo do tempo. Bordeaux são vinhos essencialmente de corte e as principais castas são a Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc. O produtor pode decidir a proporção de cada uma na composição de seus vinhos. A AOC/AOP (appellation d'origine contrôlée/protégée) Haut-Médoc é uma sub região do Médoc que abrange 4.800 hectares e tem 6 denominações comunais: Margaux, Moulis, Listrac, Saint-Julien, Pauillac e Saint-Estèphe. O Château Langoa Barton é um dos 14 Troisièmes Crus (terceiro cru ou vinhedo) da classificação de 1855.

Bordeaux

 

// Comentários

Comentários